Páginas

domingo, 14 de agosto de 2005

Ainda outra boa ideia

Numa altura tão má, que tal mais uma boa ideia. Em Ílhavo, Ribau Esteves inaugurou ontem o maior parque de skate do país. Claro que não é o valor do investimento (uma pequena gaffe do DA) que conta mas sim os elogios de quem vai praticar. E a preocupação por quem usa estes desportos menores.

De aplaudir, senhor presidente!

14 comentários:

  1. Ó JMO, a sua parcialidade é tanta que até espanta (ou nao): Então, por causa das eleições, o Souto inaugura e é mau. O Ribau inaugura e já é bom.
    Francamente...

    ResponderEliminar
  2. Oh, Anónimo:

    A sua parcialidade é que assusta: eu nem sequer aqui referi outra obra de Ribau Esteves: a brilhante recuperação urbanistica da Costa Nova.

    Inaugurar obras até meio de Agosto ainda vá que não vá. Aquilo que aindo a criticar é pretender-se inagurar obras que vemos que ainda nao estão prontas e que ficarão prontas a poucos dias das eleições.

    Se tudo estivesse pronto em Agosto... Só que não está.

    Sabe, inaugurar uma avenida sem passeios e com erros não é propriamente merecedor de elogios. Ou tentar por tudo que o Mercado e o ferry fiquem prontos até ao dia das eleições. Ou inagurar o Museu da República no dia 5 de Outubro. Mas esse eu até... aceito, mesmo sendo monárquico.

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  4. Ó JMO: deve ser do sol, mas o amigo anda numa de "cada cavadela, cada minhoca"... quer falar da "brilhante" recuperação da Costa Nova?! só se isso lhe der a si uma oportunidade para se referir às inúmeras crianças que ficaram seriamente cortadas nos pés devido à inconsciência/negligência de quem fez uma fonte com barras de aço que mais parecem lâminas... numa zona balnear onde se sabe que as crianças andam descalças! Elogie a diligência do autarca, elogie...

    ResponderEliminar
  5. As inaugurações do Ribau têm que ser aplaudidas porque elas são raras. Aí eu entendo os aplausos. Mas lá está: inaugura-se um parque de skate e aplaude-se, abrem-se viadutos, fecham-se ruas, recuperam-se teatros, edificios, constroiem-se estádios, e tudo é criticado.
    Porque é que não havemos de aplaudir o inicio da construção do primeiro campo de treinos do novo estádio? Lá está, caro João Oliveira: as suas opiniões guiam-se pela «cor» politica e sendo assim, começa a não fazer sentido visitar este blogue. Posso ser mal interpretado, mas sempre fui directo e frontal. Obras? Por amor de Deus, não me comparem o Ribau (que fala muito bem sim senhor) ao Souto!

    ResponderEliminar
  6. Caro Pedro Neves,

    O browser é serventia da casa. Digite qualquer outro endereço no IE, Mozilla ou Firefox, meu caro.

    Mas eu assim ainda lhe respondo. Já reparou que está a argumentar alhos com bugalhos e a defender os seus argumentos atacando directamente a minha cor política, que não conhece?

    Eu aplaudo o inicio do campo de treinos. Aliás, quem não aplaude o inicio de uma obra numa zona que desde o fim do Euro não tinha tido uma UNICA obra?

    Viu-me criticar? Claro que aplaudo obras concluidas. Só tenho pena que elas sejam mal feitas. Ou mal aproveitadas. Aceita que o parque de estacionamento do Canal de São Roque venha com o epipeto de requalificação urbanistica dos ultimso cinquenta anos? E já reparou que não foi feita nenhuma acção disciplinadora de transito para obrigar as pessoas a utilizar o parque de estacionamento para estacionar?

    Sabe que se calhar tenho outro modo de ver as coisas. Eu vou a Aveiro todos os fins de semana e vejo certas coisas a serem feitas bem, outras mal.
    Concordo com umas, outras não. Mas para si, não parece que isso seja certo. Se calhar preferia que eu elogiasse tudo o que vem do Souto. Eu não. Não me revejo numa lógica de Aveiro que ele a maior parte das vezes personifica. E acredite que não quer dizer que aceite o que qualquer uma das outras opções vai defender.

    Meu caro, escrevo neste blog há dois ano e nove meses. Não é a perda, que lamento, da sua visita, que vai fazer com que escreva sobre aquilo que penso e sinto.

    E quem aqui é que não é directo, meu caro?

    ResponderEliminar
  7. E de falar das lâminas cortantes da fontezinha da Costa Nova, caro JMO, esqueceu-se? ;-)

    ResponderEliminar
  8. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  9. Não sei se reparou, mas estava a responder ao Pedro Neves, que merece muito mais crédito e atenção que um anónimo qualquer.

    Meu caro, claro que acompanhei a questão das laminas. Aliás, li com atenção este texto http://jn.sapo.pt/2005/08/09/centro/grelha_nova_fonte_luminosa.html e estive na inauguração, onde o presidente da Câmara de Ílhavo referiu-se ao cuidado que as pessoas tinham que ter ao passar por cima da grelha. Aliás, referiu várias vezes que a grelha não era para passear descalço.

    E esse é o meu princípio. Responsabilidade individual, meu caro. Aliás, aproveito para elogiar a resposta da autarquia.

    Eu pelo menos não iria passear para cima de uma grelha de aço descalço. Nem deixaria um filho meu passar. E se passasse e se aleijasse, não me queixava da autarquia. E não diminuia o impacto da obra que é, felizmente, muito superior ao da fonte...

    ResponderEliminar
  10. falar de responsabilidade individual relativamente a crianças?!
    Ó JMO, francamente... numa zona balnear, grelhas de aço cortantes numa fonte são praticamente o mesmo que uma armadilha.
    Que o JMO não ande lá descalço, óptimo. Agora que alguma criança lá passe - e passou - e lhe digam que deveria ter tido mais "responsabilidade individual", essa parece anedota!

    ResponderEliminar
  11. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  12. E a sua responsabilidade de ter um link para o PNR? Vai dizer que eles tambem têm direito a expressar as suas opiniões? O racismo e a imoralidade ficam tão bem conjugados com o logo dos U2. Este tipo é uma nodoa.

    ResponderEliminar
  13. Sim, têm tanto direito que o Bloco de Esquerda, até que os tribunais deste país os declarem ilegais, se os declararem ilegais.

    Defendo-os tanto como ao Bloco de Esquerda.

    Aliá, a lógica do logo dos U2 é essa, o senhor é que não compreende.

    Responsabilidade individual sim: tenho pena pelas crianças mas essas não são responsáveis, os pais sim. E se a CMI está a alterar as coisas, óptimo. Se calhar devia ter alterado antes. Mas não mudo uma virgula ao que escrevi.

    ResponderEliminar
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...