Páginas

quinta-feira, 15 de setembro de 2005

Número dois do BE responde a Souto

A polémica está para durar.

João Martins, número dois da Lista do BE à Câmara de Aveiro (candidato independente) resolveu responder de forma pessoal a Alberto Souto. O texto, que foi enviado ao cuidado do candidato e publicado aqui, no seu blog pessoal (que está também na coluna da direita) é directo ao assunto: descrevendo a questão dos dinheiros do Estádio...

A ler, sem dúvida

Quanto a mim, não havia, mesmo, necessidade de utilizar palavras minhas, no texto. Mas eu não sou anónimo, dou a cara pelo que escrevo e não me quero ver envolvido na questiuncula BE/AS...

6 comentários:

  1. RESPOSTA A João Martins

    A estimativa de custo dos 30 milhoes de euros surge na sequencia de um valr referencia por lugar fornecido à autarquia pela UEFA e pelo Governo Portugues.

    A derrapagem consiste na previsao de custo feita na adjudicação e o valor final da obra. Evidentemente que as acessibilidades nao fizeram parte deste custo pois sao isso mesmo acessibilidades e nao o Estadio propriamente dito.

    O que se lamenta é o aproveitamento político dos números por parte de quem se entende por arauto da esquerda!

    ResponderEliminar
  2. O lamentável não é ter o estádio, ainda que no último jogo do beira-mar, segundo o diário de aveiro, a assistência fosse de 1200 espectadores. Mais de 30 mil lugares vazio: se o preçou k se pagou foi à cadeira, veja-se a irracionalidade do investimento. o lamentável é que a câmara de aveiro agora nem tenha meios para pagar as suas despesas mais comesinhas.

    ResponderEliminar
  3. Foi caro. Não serve para nada. Mas lá que é bonito, é. aLém disso deu a conhecer ao burgo esse grande engenheiro chamado Miguel de Lemos.

    ResponderEliminar
  4. O Estádio de Aveiro foi tão despropositado como todos os estádios do euro 24, as não é razão para andarem nesta fogueira das vaidades e que os politicos portugueses se sujeitam! Já não há pachorra!

    ResponderEliminar
  5. Vivemos ainda no país dos 3 efes, fado fatima e futebol!

    Por isso, em plena crise económica de Portugal se construiram 10 estadios apesar de serem necessarios 6.


    Se vivessemos num país dirigido por mulheres isso nunca teria acontecido!

    ResponderEliminar

O Notas de Aveiro não é responsável pelos comentários aqui escritos e assumidos pelos seus autores e a sua publicação não significa que concordemos com as opiniões emitidas. No entanto, como entendemos que somos de alguma forma responsáveis pelo que é escrito de forma anónima não temos pejo em apagar comentários...

Por isso se está a pensar injuriar ou difamar pessoas ou grupos e se refugia no anonimato... não se dê ao trabalho.

Não sabemos se vamos impedir a publicação de anónimos. É provável que o façamos. Por isso se desejar continuar a ver os seus comentários publicados, use um pseudónimo através do Blogger/Google e de-se a conhecer para notasaveiro@gmail.com.

João Oliveira

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...